• denuncias
  • peticionamento
  • Mediação
  • mov procedimentos
  • autenticidade de documentos
  • administracao publica
  • fraudes trabalhistas
  • liberdade sindical
  • meio ambiente
  • promocao igualdade
  • trabalho escravo
  • trabalho infantil
  • trabalho portuario
    • banner tabuleiro Prancheta 1
    • flamengoluto
    • 8
    • Acordo judicial deve fortalecer rede de proteção à infância em Limoeiro do Norte
    • Trabalhadores de Tabuleiro do Norte têm prazo de um ano para pleitear indenização
    • Nota: MPT apura responsabilidades trabalhistas pelo incêndio no CT do Flamengo
    • Participação sociopolítica de crianças e adolescentes é foco de mobilização nacional
    • Edital de convocação: trabalhadores contratados pelo CADS para prestar serviços ao Município de Barbalha (janeiro de 2005 a julho de 2006)

    Prêmio MPT de Jornalismo divulga seus vencedores

    Cerimônia em Brasília entrega R$ 225 mil em prêmios a profissionais da imprensa de todo o país

    Brasília – Os grandes vencedores da quinta edição do Prêmio MPT de Jornalismo foram conhecidos na tarde desta terça-feira, 5 de fevereiro. Foram premiados 36 trabalhos que apresentaram diversos assuntos relacionados ao direito trabalhista no Brasil. A cerimônia ocorreu na sede da Procuradoria-Geral do Trabalho (PGT), em Brasília. Ao todo, foram inscritas 399 reportagens nas categorias jornal impresso e revista impressa, radiojornalismo, telejornalismo, webjornalismo, fotojornalismo e universitário, publicadas ou veiculadas de 1º de maio de 2017 a 30 de outubro de 2018.

    Imprimir

    Mais R$ 800 milhões são bloqueados da Vale em ação do MPT

    Um total de R$ 1,6 bilhão está assegurado para o pagamento de débitos trabalhistas

    Mais R$ 800 milhões foram bloqueados nas contas da Vale S.A, para assegurar pagamentos e indenizações trabalhistas. Com isso, o Ministério Público do Trabalho (MPT) em Minas Gerais conseguiu assegurar um total de R$ 1,6 bilhão, que darão efetividade a resultados de ações e acordos extrajudiciais. A decisão foi dada pela Justiça do Trabalho, no final da tarde desta quarta-feira, 30.

    Imprimir

    Trabalho escravo: 35 foram resgatados no Ceará em 2018

    Total é 75% superior aos casos identificados no ano anterior; quatro empresas foram autuadas.

    No Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo, um levantamento da Superintendência Regional do Trabalho (SRT) aponta aumento de 75% no total de trabalhadores resgatados em 2018, no Ceará, em comparação com o ano anterior. Foram 35, ao todo. A grande maioria (32 casos), na construção civil. Operações em canteiros de obras identificaram 16 trabalhadores em condições análogas às de escravo no município de Beberibe e outros 16 em Fortaleza. “Chamou atenção o fato de os dois resgates realizados na capital terem sido na área nobre da cidade: um na Aldeota e outro na Avenida Rogaciano Leite, próximo ao Shopping Iguatemi”, observa o auditor fiscal Sérgio Carvalho. Ele conta que os trabalhadores moravam no canteiro de obras, em meio a entulhos e ferragens, com risco de choque elétrico, alimentação precária. Muitos dormiam no chão.

    Imprimir

    MPT vai avaliar falhas nas normas de segurança no trabalho na tragédia de Brumadinho

    Caso de Mariana impôs maior rigor em procedimentos para reduzir acidentes de trabalho

     

    BRASÍLIA. O Ministério Público do Trabalho (MPT) integra força-tarefa institucional criada na noite de sexta-feira (25) e vai aproveitar a experiência da atuação no acidente de Mariana (MG) há três anos, também por rompimento de barragem de rejeitos de minério, no caso de Brumadinho. O objetivo é aperfeiçoar as normas de segurança de trabalho e adotar procedimentos para reduzir riscos de novos acidentes de trabalho em área de mineração. Será realizado um diagnóstico do desastre pela força-tarefa, com vistas à apuração de responsabilidades criminal, civil e trabalhista, diz nota divulgada neste domingo (27)

    Imprimir

    MPT e PRF promovem ação de alerta e combate ao trabalho escravo

    A campanha acontecerá no próximo dia 28 em Recife e Santa Cruz do Capibaribe

    Recife - O Ministério Público do Trabalho (MPT) e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) estão juntos mais uma vez, marcando a data de 28 de janeiro, Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo. Os órgãos realizam ação de conscientização na próxima segunda-feira (28) e quarta (30), em Santa Cruz do Capibaribe e no Recife, respectivamente. O objetivo das ações é orientar a população sobre a prática do trabalho escravo, com ênfase ao tráfico de pessoas com este fim.

    Imprimir

    • banner pcdlegal
    • banner abnt
    • banner corrupcao
    • banner mptambiental
    • banner radio
    • banner trabalholegal
    • banner audin
    • Portal de Direitos Coletivos