Ceará registra média de um acidente de trabalho por hora

Gastos com benefícios acidentários no Brasil ultrapassam os R$80 bi, nos últimos sete anos

"1 X 1: Com esse placar, ninguém ganha". Nos próximos jogos pelas semifinais e finais do campeonato cearense, jogadores vão exibir em campo uma faixa com esta frase, para chamar atenção sobre a média de um acidente de trabalho registrado a cada hora, no estado. A parceria com a Federação Cearense de Futebol é parte das ações executadas pelo Ministério Público do Trabalho (MPT-CE) no Abril Verde. Neste ano a campanha vai destacar, para empresários e trabalhadores, a importância de gerir riscos, prevenir acidentes e promover saúde no ambiente de trabalho.

Imprimir

Fortaleza terá estratégia conjunta de combate ao trabalho precoce

Mobilização do MPT-CE reúne educadores e assistentes para solucionar casos concretos de exploração

Mais de 240 educadores e assistentes sociais vão se reunir na próxima terça-feira (26), na sede do Ministério Público do Trabalho no Ceará (MPT-CE), com o objetivo de analisar e propor soluções para casos concretos de estudantes da rede pública identificados em situação de trabalho. A mobilização é parte das ações estratégicas do Programa de Educação contra a Exploração do Trabalho da Criança e do Adolescente (Peteca), direcionadas para Fortaleza.

Imprimir

Prefeitos assumem compromisso em favor da infância

Imagens de prefeitos de municípios cearenses assinando os acordos de cooperação ganharam as redes sociais nas últimas semanas. E não são poucos os novos aliados do Programa de Educação contra a Exploração do Trabalho da Criança e do Adolescente (Peteca), iniciativa do Ministério Público do Trabalho (MPT-CE). Mais de 85% dos municípios do estado vão executar as ações, ao longo do ano, atendendo ao chamado do MPT-CE.

Imprimir

MPT reforça promoção da inclusão de pessoas negras no mercado de trabalho

Publicações nas redes sociais marcam Dia Internacional da Luta Contra a Discriminação Racial, 21 de março

Brasília – Nos últimos cinco anos, foram recebidas 896 denúncias pelo Ministério Público do Trabalho por discriminação em razão da origem, raça, cor ou etnia. Para coibir essa violação e reforçar a importância da promoção da inclusão das pessoas negras no mercado de trabalho, o MPT realiza essa semana uma série de publicações nas redes sociais que marcam o Dia Internacional da Luta Contra a Discriminação Racial, 21 de março.

Imprimir